domingo, junho 14, 2015

Quanto tempo!

Essa vida está uma loucura meeeesmo! Muito trabalho e muita coisa pra organizar! Isso porque ainda não estou de posse do apê novo, hein? Haja chá de camomila...

Mas e, aí, como anda a vida por aqui? 

Bom, o que havia de bom - amor, alimentação saudável, atividade física e afins - continua bom. Algumas adaptações, feliz e também infelizmente, tiveram que ser feitas no dia-a-dia, como a mais difícil substituição da corrida matinal por outras opções feitas em casa,  pela insegurança dessa cidade, em alguns pontos nem tão maravilhosa quanto gostaríamos. Meta para um futuro nem tão próximo: comprar uma esteira e/ou remo - ah, Frank Underwood, porque você nos apresentou esse aparelho? kkkk Aliás, ei, Netflix, quando sai a nova temporada? Obrigada, de nada.

Ainda nas adaptações, a alimentação saudável está uma batalha! Que saudades do grão de bico na marmita! Está tudo muito caro, meu povo! Como pode custar entre R$ 7 e R$ 8? Pelamor! Ainda bem que a lentilha, a ervilha e o fradinho continuam a preços viáveis ao cidadão médio. 

Snifs a parte, e o que já havia de ruim? Nem merece comentário. Superamos, de uma forma ou de outra. Se bem que, nesse item entra o Vasco também, né? Não está bom, não, time! Vamos melhorar, please! ;-)

E o trabalho?!

Tem o trabalho, né? Coloca entre as alterativas: nem tão bom, nem tão ruim.

Receitas novas? 

Li sobre os benefícios do farelo de trigo, não só pro funcionamento do intestino , mas também para aumentar a ingestão de fibras, porque o que abunda não prejudica, e eliminação das toxinas do organismo. Então, resolvi incorporá-lo na minha alimentação. Já testei no mingau matinal (com aveia ou farelo de aveia, granola e uma fruta) e na panqueca. No primeiro, adorei; já, na segunda, preciso fazer algumas adaptações, já que a consistência não ficou uma maravilha.

A boa de hoje foi um purê de aipim. Não, não usei farelo de trigo aqui; mas salpiquei na saladinha de legumes. O purê foi bem suave, bem levinho, sem leite. Como mamys já havia cozido um tanto de aipim, peguei a quantidade de um aipim médio, amassei, misturei com duas colheres de azeite, salsinha e hortelã picadinhos, mais uma pitadinha de sal e gengibre em pó. Ficou beeeem saboroso e o leite não fez falta alguma! Fica a dica! 

Fico por aqui e tentarei não demorar tanto a voltar, ok? ;-)



domingo, março 01, 2015

Por acaso, tem alguém interessado em comprar uns livrinhos?

Pois é, em tempos de mudança, estou vendendo alguns dos livrinhos aos quais já não dou mais tanta atenção, principalmente os da época de faculdade. Aliás, esse é aquele momento da vida em que você compra livros que, depois, definitivamente, você não conseguirá mais ler... Foram úteis por demais, mas são essencialmente teóricos, feitos para, digamos, aprender. Enfim... Mas, como são livros muitíssimo conservados, praticamente novos novíssimos (!), acho que podem e devem passar a outras mãos, afinal,




Então, sem mais delogas*, se alguém estiver interessado em algum dos livros da listinha abaixo, me manda uma mensagem que retorno por e-mail, ok? Os precinhos são camaradas porque, apesar de conservados e praticamente novos (alguns com alguns sublinhados ou marca textos, que até auxiliarão o novo leitor), são livros usados. Pode comparar com os das livrarias!






Instituições de Direito Civil - Caio Mário da Silva Pereira - Vol. I - Introdução ao Direito Civil. Teoria Geral de Direito Civil (2004) 





Instituições de Direito Civil - Caio Mário da Silva Pereira - Vol. II - Teoria das Obrigações (2004)





Instituições de Direito Civil - Caio Mário da Silva Pereira - Vol. III - Contratos (2005)





Comentários ao Estatuto da Criança e do Adolescente - Wilson Donizeti Liberati (1995)






Educação Especial na Escola Inclusiva - Rosângela Machado (2009)





Introdução ao Estudo do Direito - Paulo Nader (2003)





Introdução à Ciência Política - Darcy Azambuja (2001)







Avanços em políticas de Inclusão - O contexto da educação especial no Brasil e em outros países (2009)







O Direito e os Medicamentos - Vol. 2 - Vitor Francisco Ferreira e Wilson da Costa Santos (2011)







O Direito e os Medicamentos - Vol. 1 - Vitor Francisco Ferreira e Wilson da Costa Santos (2011)





Ops! Aprendendo a viver, com aids - Bernardo Dania Guiné





Introdução à Educação Especial - Ensinar em Tempos de Inclusão - Deborah Deutsch Smith (2008)








Comédias para se ler na escola - Ana Maria Machado (2001)





Curso Prático de Gramática - Ernani Terra (1999)





Teoria do Ordenamento Jurídico - Norberto Bobbio








Direitos Humanos Contemporâneos - Carlos Weis









*Que palavra curiosa essa tal de delonga, né? Demora, adiamento, retardamento ou delonga, qual você escolhe? Eu fico com delonga, com certeza! Então, não delongue e faça contato: um desses livrinhos pode ser seu!

Aliás, na minha página do site Enjoei, vocês encontram os precinhos dos livros, além de outras coisinhas minhas a venda. Clica e confere!

450 anos

Num desejo de muita prosperidade ao Rio de Janeiro, fica o sentimento de que sejamos mais

                 


                                                                              




E menos violência, menos corrupção, menos falta de educação, menos falta de respeito, menos falta de cidadania. 

Que venham os próximos anos de vida!

Uma semana de corpo leve e mente inquieta...

Depois de uma semana menos intensa, regada a muito alongamento, ioga e exercícios leves - voltei a usar até o meu step elíptico! -, parece que a dor na virilha de que falei no último post atenuou. \o/ A partir de amanhã, retorno, às atividades. Como a pressa é inimiga da saúde - até porque ninguém precisa atingir a perfeição -, começarei com 5 km intervalando caminhada e trote. A proposta é seguir aumentando gradativamente: se tudo correr bem e não sentir nenhum incômodo, na corrida seguinte, trote e corrida e, da mesma forma, na próxima, corrida, todas na mesma distância, 5 km. Nos outros dias, manterei as atividades da última semana: alongamento X ioga X local leve. Espero que flua tudo bem. Do contrário, um ortopedista será a etapa inevitável, o que não me agrada, já que poderá atrapalhar meu desempenho na 1ª fase da Athenas, no fim desse mês. Mas vamos torcer. 

Aliás, essa calmaria, no final, foi até positiva, já que a semana foi de uma inquietude só. Estou aguardado as últimas definições do meu futuro apê, consequentemente, organizando coisas, pagando coisas, planejando coisas. Mil possibilidades de decoração numa mistura de quase nada com coisa nenhuma... Sabe como é, né? Casal jovem, sem muita grana pra sair comprando tudo o que se gostaria de colocar numa casa e, por isso, planejando começar somente com o essencial. E será o suficiente, tenho certeza. Loucuras a parte, já vi até se será possível manter a corrida de rua por lá! hahahaha Encontrei até algumas rotas, mas isso, de verdade, de verdade, só a vida real dirá, aos poucos, conhecendo melhor os arredores. Step, se prepare porque vou lhe usar, e muito! Corridas, prometo, no fim de semana, vocês, com certeza, serão minhas rainhas!

E, pra fechar a semana, fiz um suco no modelo salada de frutas! Maça, banana e laranja, batidos no chá de camomila com cavalinha. Geladinho fica uma delícia e engana bem os implicantes com a misturinha frutas mais chá. Fica a dica ;-)

Então...



domingo, fevereiro 22, 2015

Se a dor na virilha persiste, melhor parar um pouco

No início, você pensa que talvez tenha forçado demais no treinamento, e altera a combinação de exercícios e corrida, sem diminuir o ritmo. A dor não aparece todos os dias, só é notada e alguns movimentos, então, deve ter sido só um mau jeito mesmo... 

Uma semana depois, todos os dias ela marcou presença, mas somete a noite. Será que é a cadeira do trabalho? Vou policiar a postura mais do que já policio, manter o hábito de levantar e dar uma andadinha a pelo menos cada 1h, 1h30. Como bônus, vou reduzir o ritmo. Nada muda, mas, ah, a dor é somente a noite e em alguns movimentos... Vem carnaval, não tem trabalho, não terei necessidade de sair correndo de casa para correr de manhã. Vou espaçar os dias de corrida e relaxar nos outros, fazer compressas com gelo, alongar bastante. Nada feito. Não aumentou, mas também não diminuiu.

Semana três começando. Programação? Apenas yoga, caminhada e exercícios de fortalecimento do core e da área afetada e, talvez, uma visita ao médico. Vamos ver...

E, pensando nessa recuperação, o suco de ontem foi de beterraba com gengibre, no chá de pitanga. Já falei da beterraba aqui no blog, mas, como não custa trazer de volta algumas informações, dá uma olhada!


Aliás, que tal dar uma olhada no post completo. Tem outras informações bem interessantes lá!


Como ontem fiz uns filés de peixe no forno com aipo, cebola e um molhinho bem apimentado (que, aliás, ainda renderão um plus delícia pro almoço de hoje), o suco do dia será de aipo com limão e gengibre.

Sobre o aipo, também conhecido como salsão, além de possuir grande quantidade de fibras, que facilitam o trânsito intestinal, é rico em vitamina C e B, potássio, sódio e cálcio, é diurético e expectorante. Inclusive, sabia que "nos antigamentes" o aipo era usado para o tratamento de reumatismo e cálculo renal? Pois é isso mesmo! Então, acho que vale o acréscimo, não?

E, aí, já correu atrás da sua saúde hoje? Por aqui, partiu yoga. Inté!

terça-feira, fevereiro 17, 2015

A terça-feira é que é carnaval, povo!

Engraçado isso, né? Vem se aproximando o carnaval, ponto facultativo na sexta anterior, engarrafamentos absurdos no fim de semana, desfiles na Apoteose a partir de sexta, blocos pra todos os lados desde sei lá quando - a segunda anterior? - mas, na verdade, na verdade, o carnaval, a data em si que justifica isso tudo é só hoje, terça-feira!


Então, pausa para o momento curiosidade: 

a festa carnavalesca, o Carnis valles (carnis significando carne e valles, prazeres), é uma grande concentração de festejos realizados na data que antecede a quarta-feira de cinzas, momento em que se inicia a Quaresma, período de 40 dias de abstinência e jejum até a semana santa.

E como chegar a essa data todos os anos? 

Como todas as datas eclesiásticas são calculadas em função da Páscoa, que ocorre no primeiro domingo após a primeira lua cheia ocorrida a partir do equinócio do outono, aqui no hemisfério sul, ou da primavera, no hemisfério norte, a terça-feira de carnaval ocorre sempre 47 dias antes da Páscoa.

Corre, que aqui também tem curiosidades!

segunda-feira, fevereiro 16, 2015

Sim, foi um bom desfile! #MocidadeIndependente

Não tem mais o que dizer. Basta dar uma olhada nesse pedacinho da comissão de frente. Nos falamos depois de você recolher seu queixo, que estará caído sobre seus joelhos...



E, depois de toda a tensão, seguida de satisfação com a Mocidade, que estava linda, organizada e devidamente em chamas (!), contando com o apoio da arquibancada, coisas que há bastante tempo não via, acabei dormindo beeeem tarde. E, aí, cadê a coragem pra nossa corridinha matinal? 

Sem me sentir culpada, resolvi recuperar as energias, ao menos pela manhã. Nada como um bom suco de berinjela com couve e limão (com casca e tudo), batido com linhaça e chá de hibisco pra começar o dia e um alongamento pra colocar o corpinho no lugar. 

De repente, quem sabe, a tarde não saio por aí contando mais alguns quilometrinhos? Vai que. Sabe-se lá?! Como o mundo ainda não acabou, temos tempo. Não?

domingo, fevereiro 15, 2015

Corre, porque ainda é tempo!


A semana, pra variar, foi uma correria só, cheia de compromissos e a corrida ficou um pouco atravessada: além dos 4,09 km dec segunda, foram apenas mais 3,50 km terça. Saldo pendente: 12,41 km. Mas, como aceitei o Desafio de Carnaval, em que cada participante se propõe correr uma maratona (42 km 192 m) entre os dias 14 e 18/02, dei início hoje a minha contagem, que, acredito, compenstudoas duas semanas.  

Então, hoje foram 8,13 km pra conta! Saldo 34,062 km. Vamos que completamos!

Antes e depois, um suco laranja com hortelã, batidos no chá de cascas de laranja e maça. Pra completar o café da manhã pós-corrida, pão integral com peito de peru e uma fatia do bolo de fubá com coco, com um leve toque integral, que fiz ontem quando bateu aquela vontadinha de comer algo doce tomando um café da tarde... Misturinha básica? 2 xícaras de fubá e 1 xícara de farinha integral (aqui, você pode colocar a farinha de trigo comum sem problemas), 2 xícaras de açúcar demerara (também pode ser o açúcar de sua preferência), 3 ovos, 1 xícara de leite, 1 pacote pequeno de coco ralado (opcional), 1 colher de sopa de erva doce, 1 colher de sopa de pimenta da jamaica (o toque de canela com cravo e noz moscada que ela dá deixa o aroma e o sabor maravilhosos!), batidos no liquidificador, e depois 1 colher de sopa de fermento misturada com a colher mesmo. Forma untada com manteiga ou azeite, salpicada com canela e pimenta da jamaica. Depois, 20 minutinhos de forno médio. Experimenta. Você vai gostar! Garanto.

E o café não ficou por menos. Ao invés de água fervendo, utilizei chá de casca de laranja fervendo para passar o café. Se eu falar que ficou incrível, parecerei pretensiosa, né? Vou deixar a avaliação pra quando experimentarem, então... Mas que ficou ficou. rs

Pra não deixar passar, ontem fiz de novo uma pizza de atum com sardinha que, olha, fica super saborosa! Meu excelentíssimo e eu comemos sempre quando vamos uma pizzaria que gostamos. Um dia resolvi fazer e deu bastante certo. Agora, pizza em casa tem que ser ela: compro daquelas massas prontas e coloco massa de tomate, daquelas que já vem temperadinhas com manjericão e tal, seguida de uma camada de queijo e uma misturinha de 2 latas de sardinha, 1 ou 2 de atum, 1 cebola picadinha, salsa picada, 4 dentes de alho batidos ou picados, temperos como páprica e cominho. Depois, mais um pouquinho de queijo pra dar liga, azeite e orégano por cima. 10 minutinhos de forno. Quando fizer a de hoje, prometo postar uma foto. É mais uma prova de que pizza pode ser saudável e deliciosa ao mesmo tempo.

Ficam, então, as dicas. E, hoje, todo mundo com a Mocidade, que virá questionando: "Se o mundo fosse acabar, me diz o que você faria se só lhe restasse um dia." Aproveita e vem responder com a gente. Aproveita que hoje o mundo não vai acabar. Ou será que vai? Sabe-se lá. Então, acho melhor aproveitar!




Invade… se joga... Na felicidade

Fazendo a vontade do seu coração

Hoje é o dia... Vem "se acabar"

Deixa a mocidade te levar!

Você, o que faria

Se o mundo fosse acabar

E só lhe restasse este dia pra viver?

Ver tudo ruir, a terra tremer

O chão se abrindo aos seus pés
A profecia vai acontecer!
Vem... É o juízo final!
Viva! O amanhã não vem mais!
Solte toda alegria!
Libere a sua fantasia!

É de enlouquecer amor

É contagem regressiva!

Eu já tô louco, sou vintém

Sou padre miguel!

Cada segundo vou curtindo a vida!

A hora é essa

Não há mais tempo a perder

Não tem limites

Diga o que vai fazer?

Cantava, brincava, sorria
No último dia... Voar?
Andava pelado?
Rezava pro tempo parar?
Sem restrições morrer de amor?
Faria a tristeza sumir?
Na batida do tambor
Roda baiana... Cai nesta folia!
De verde e branco com a bateria!


terça-feira, fevereiro 10, 2015

Começando o dia com energia!

Depois de um suco de laranja com cenoura e espinafre, batidos no chá de pitanga com gengibre, botei na conta os primeiros 4,09 km dessa semana que está apenas começando! Foram 33'15", a 7,3 km/h.

A passagem hoje é rápida! Em tempo, uma boa noite a todos! 



***Numa atualização de fim de dia básica, vim dar um feedback sobre a pimenta-da-jamaica, que comprei na segunda-feira. Ia esperar pra utilizar no meu pão 100% integral (se não lembra da receita, clica aqui), mas fiquei ansiosa e, como Mamys tinha feito um arroz com frango desfiado, cebola e alguns "etcs", salpiquei levemente por cima. Olha, deu um sabor especial. Suuuper recomendo, de verdade!

segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Mas falando de coisa boa

Eu adoro temperos e, principalmente, pimenta. Já tinha ouvido falar na Pimenta-da-Jamaica, que teria um sabor parecido com a combinação de cravo, canela e noz-moscada, podendo ser utilizada para tempero de carnes, além de bolos, tortas e até doces e maioneses! Como exame de que falei no post anterior acabou em 2 minutos, pude dar uma passadinha com calma nas Casas Pedro, um lugar em que me perco nas possibilidades e tenho, de verdade, vontade de comprar tudo! Comprei, então, entre outras coisinhas, a Pimenta-da-Jamaica pra experimentar e estou ansiosíssima para ver (ou saborear) o resultado!


Só pra adiantar, pesquisei um pouquinho mais sobre ela e descobri que é rica em vitaminas C, B1 e B2, além de ser fonte de betacaroteno, forte antioxidante e uma forcinha natural naquele bronzeado que gostamos. No mais, ela pode ser usada para aliviar dores, como a dor de dente, e até o reumatismo.

Sem contar que a pimenta é ótima para acelerar o metabolismo! Aliás, apesar de não ter o hábito de dietas, até porque sempre mantive uma alimentação saudável, li uma reportagem sobre uma tal dieta da pimenta. Tem informações interessantes sobre o condimento. Dá uma olhada clicando aqui.

Vamos ver!

Pensando alto...

Você vai renovar sua carteira de motorista e, além de pagar o DUDA, de R$107,72, precisa pagar o exame clínico de R$ 59,00. Interessante como somos roubados... Não era pro valor do DUDA cobrir a realização do exame?! Além disso, pra que serviram os R$ 59,00 que paguei se o tão necessário exame durou exatos 2 minutos? O sr. dr. médico não pediu nem pra eu mostrar o exame de vista que levei para mostrar que estava com o grau de óculos atualizado!

Como dizem, tudo regular por aqui... Não? Seguimos.





domingo, fevereiro 08, 2015

Estamos com disposição hoje?

Depois de uma semana corrida, um sábado com direito a visita a apartamento - sim, pretendo me mudar! - mais um domingo de sol. A preguiça é real. Mas a dívida em quilômetros de saúde também. Ai ai... Amanhã, mais uma semana começa e toda rotina, nem tão rotineira, de questões a resolver também retoma. Então, uma medida rápida precisa ser tomada! A cozinha não está uma maravilha em opções, mas aquele mix de farinhas sempre pode me salvar. Um chá verde, pra bater junto e dar um plus. Um café pra despertar também e muuuuuita água.

Filtro solar, porque com o sol não se pode dar bobeira - eita expressão velha! - e óculos escuros e boné, pra não ter desculpas de incômodo para parar. Cinto de hidratação a postos e vamos que vamos. 


Apertei o start. Vai também? Na volta nos falamos! Boa corrida pra você, boa corrida pra nós!


Atualização de retorno: foram 10,36 km. Considerado a partezinha de caminhada até o gps se encontrar (rs), acho que podemos dizer que foram vencidos os 10,45 km faltantes, né? Mais uma semana, mais um desafio vencido. 

03/02, terça - 4,22 km / 7.1 km/h / 00:35:13
06/02, sexta - 5.33 km / 7.6 km/h / 00:42:08
08/02, domingo - 10,35 km / 7.3 km/h / 01:24:54
 
Semana que vem, tentarei distribuir melhor minha distância ao longo da semana, para que o longão de finde seja um plus. Que tal? Fica a proposta e...



Não esquecendo, depois da corrida, 15 minutinhos de trabalho abdominal seguida de muita água e uma alimentação digna de fim de semana, com direito a um mini bolo plus vita de chocolate e um café adoçado com um quase nada (mesmo) de açúcar demerara, mais um copo daquele suco com fibras sobre o qual falei mais cedo.

E o fim de semana está só começando porque hoje tem futebol. Às 17h, acompanharei meu excelentíssimo no Fluminense X Bangu. Meu coração ficará dividido durante a partida: há muitos anos, fui nadadora do nobre Bangu Atlético Clube e, por isso, guardo um grande sentimento pela casa; por outro lado, relacionamentos acabam nos levando, também, a acompanhar o time do outro - desde que esse time não seja o Flamengo, né? hahahah -, então, o Fluminense passou a também fazer parte da minha vida com certa frequência. Enfim, será um ótimo jogo, de fortes emoções! Depois, às 19h30, Vasco X Tigres, jogo em que espero um Vasco mais organizado do que o que vi nas últimas partidas. Vamos ver!

sexta-feira, fevereiro 06, 2015

Tanta coisa pra fazer essa semana que nem passei por aqui...

Teve muito trabalho, visita ao Poupa Tempo, em que você gasta bastante tempo, pra renovar a CNH, teve chuva com direito a raio... Nessa brincadeira, a corrida acabou ficando bem espaçada... Mas aconteceu. Foram 4,22 km na terça e 5,33 km hoje, contabilizando 9,55 km. Saldo pendente: 10,45 km. Como faltam 2 dias, tudo sob controle para um longão de finde ou dois longuinhos! São Longuinho, Sã Longuinho, se eu encontrar os quilometrinhos ainda perdidos, semana que vem corro, além dos 20, mais mais 5 quilometrinhos! ;-) 

Mas como está demorando a clarear, com esse tempo que está fazendo! Isso também está atrasando um pouco a corrida, afinal, esse Rio de meu Deus não está muito tranquilo pra ficar correndo por aí no escuro, né? Principalmente quando não se tem uma ciclovia ou uma pista no bairro...

Ontem, aliás, teve alerta da Prefeitura, "pânico" e pressa de ir embora do trabalho por algumas pessoas (o que até foi uma beleza porque acabou facilitando bem o trânsito para as pessoas que voltaram em sua hora normal), porque uma super chuva cairia, com risco de formação de grandes bolsões d'água, inviabilizando a circulação de retorno para casa. 

Cadê que a chuva não apareceu?

A natureza está nos dando uma lição. É o retorno, gente! Se as pessoas não se conscientizam no dia-a-dia, na "facilidade", vamos instalar o medo, causar um calor absurdo e depois imprimir uma chuva fenomenal! Se inundar, as pessoas vão responsabilizar a chuva, às obras, ao Governo. Não digo que este último não tenha sua parcela de responsabilidade, com a falta de manutenção em algumas áreas etc, mas, pensem bem, de verdade, sobre de quem é a culpa. Já falei minha humilde opinião sobre isso no post Dá-lhe, Pedrinho!, então, não vou nem me repetir, até porque acho que, por tudo que faço aqui, sobre conscientização e bem estar, deve parecer bem óbvio. Em suma, a responsabilidade também é de cada um pra ajudar o todo. Think about, please.



P.S.: Em tempo! Hoje, o suco teve melancia e banana, com gengibre e linhaça, batidos no chá de cravo com passiflora! Refrescante, hidratante e termogênico na sua melhor espécie. 

Bom dia a todos!

terça-feira, fevereiro 03, 2015

Correria! Correria!

Primeiro, contabilizando a quilometragem de hoje: 4,22 km, seguido de 20 minutinhos de fortalecimento. Antes, banana com espinafre e aquele mix de farinhas, batidos no chá de hibisco com cavalinha.



Tudo bem hidratado, porque hoje o dia será beeem corrido! Nem terei tempo de almoçar direito. Mas isso não quer dizer que vamos bagunçar o coreto, certo? Iogurte com 5 unidades de castanha de caju é uma boa opção,dá só uma olhada:

A castanha de caju é uma ótima fonte de vitaminas do complexo B, ótimos antioxidantes e auxiliares na metabolização da glicose, dos ácidos graxos e aminoácidos, mas que nosso organismo não produz em quantidade suficiente. Além disso, esta oleaginosa tem uma grande quantidade de arginina, um aminoácido que auxilia a circulação sanguínea, e tripofano, outro aminoácido que ajuda na formação da tão amada serotonina - sabe, aquele neurotransmissor relaxante?

Mais tarde, pra compensar, também, fica o compromisso de um jantar bem distribuído, contando com frango, pra garantir uma proteína boa, e uma boa dose de salada verde e berinjela. 

Vamos lá, mantendo o foco e o ritmo! Bebendo muita água, não esqueçam, por favor!!! Ufa! Até mais ver...


segunda-feira, fevereiro 02, 2015

A meta dos 20 km da semana continua!

Como ontem foi dia de longão, hoje foi eleito o day-off. Mas amanhã, faça (ou continue a) chuva ou faça (ou reapareça o) sol, partirei em busca de km. Pra preparar, hoje, uma alimentação bem leve, com direito a ovos cozidos (que não podem faltar!), espinafre, chuchu, berinjela e abobrinha cozidos no vapor, misturados com alho torrado e um pouco de carne moída com páprica - mais tarde, falo das marmitas da semana - e, a noite, uma yoga relaxante para uma boa noite de sono.

O suco do dia foi laranja com brócolis no chá verde.


Boa energias para uma boa segunda a todos!

domingo, fevereiro 01, 2015

E, depois da corrida, também me dediquei um pouco a uma outra terapia

Uma grande terapia que descobri nos últimos dois anos foi plantar. Sabe aquela coisa de você plantar a semente, regar, acompanhar, acompanhar o crescimento, ficar chateado quado ela não vinga, ficar muuuuito feliz quando ela começa a aparecer? Pois é, isso faz parte do meu dia-a-dia e tem sido uma ótima experiência.

Tudo começou com um boldo que trouxe lá do trabalho. Boldo é aquilo, só não pega se você não fizer nada por ele... Depois, plantei salsa, que não deu tão certo porque aqui venta demais e o caule dela é muito fininho. Depois, a couve brócolis, que inicialmente ficou linda, mas, com o tempo, mostrou que merecia mais espaço porque se espalha por cima da terra. Aí, vieram as pimentas: primeiro a biquinho amarela, depois a biquinho vermelha e a malagueta. Estão mostrando resistência e tem um aroma ótimo.

Periodicamente compro mais terra, pra dar uma renovada no ambiente delas, e hoje foi um dia desses. Não é porque são minhas, não, mas olha como estão lindas:

Esse foi o primeiro passo da primeira salsa.
   
A grandona é a primeira pimenta biquinho amarela. As de trás são
as pimentas biquinho amarelo e vermelho, e malagueta. A menor é um boldo e o que restou =( da salsa.

Lá atrás, os boldos originais. Nas outras duas, as pimentas com os boldos.
Olha, é uma atividade que recomendo. Um forte exercício de paciência e observação. O boldo já faz parte dos meus chás. Mais pra frente, espero que as pimentas tragam frutos para ingressar na minha cozinha. A próxima que tentarei será a cebola. Acho que dará certo. Vamos ver!

Objetivo da semana cumprido! o/

Bom dia, domingo!!! Por hoje, um típico longão de fim de semana, pra fechar com gosto a meta dos 20 km! 

Fiquei devendo os tempos de todas as corridas da semana, né? Vou contar tudinho agora, até porque uma das coisas que mais gostei nesse desafio que me impus foi perceber que, naturalmente, mantive uma regularidade ou estabilidade na velocidade média, o que considero muito bom, até porque nem sempre o maravilhoso GPS funciona pra que eu consiga verificar esses detalhes durante a corrida.

26/01, segunda - 3.45 km / 7.2 km/h / 00:28:44
28/01, quarta - 3.04 km / 7.6 km/h / 00:24:01
30/01, sexta - 5.02 km / 7.5 km/h / 00:38:08
01/02, domingo - 8.5 km / 7.5 km/h / 01:07:41

Então, hoje, como prêmio, é dia de massa! Com gosto, mas com moderação. Uma saladinha de brócolis com espinafre e cenoura pra acompanhar... Suco verde pra brindar. Maravilha! 

Essa semana rendeu bem, no trabalho, na corrida e nos outros aspectos não menos importantes da vida. Espero que a semana de vocês também tenha fluído bem e que todas as metas impostas, por você ou pela vida, tenham sido vencidas. 


P.S.: Pra próxima semana, mantida a meta dos 20 km. Vamos juntos? Como diria Obama, "yes, we can".

sexta-feira, janeiro 30, 2015

Confesso que hoje a preguiça quase me venceu

Mas quem tem uma meta, busca a conquista. Então, levantei, joguei o cansaço pela janela, fiz um suco de beterraba, laranja e espinafre, no chá verde. Aliás, lembra de quando falei sobre o auxílio na recuperação física e muscular da beterraba? Então, dá uma olhada! Energia reposta, parti em busca de quilômetros - esquisito quilômetros, mas está certo, ok? - até porque, ontem, optei por fazer só os exercícios de fortalecimento.

Bom, foram mais 5,02 km pra conta hoje, somando 11,51 km. Saldo = 8,49. Então, falta pouco! Acho até que dá pra vencer o restante com um belo longão de fim de semana... Vamos ver!

Então, até mais ver!







quarta-feira, janeiro 28, 2015

Prestação de contas parcial

Seguindo na missão dos 20 km da semana, somei mais 3,04 km hoje, totalizando 6,49 km. Saldo = 13,51

Amanhã, se tudo der certo - e há de dar! - pretendo somar, pelo menos, mais 5. Viável. Vambora conquistar essa meta junto?

Suco de hoje: limão com couve, no chá de pitanga com malva. Refrescante e leve, clorofila pura!!! Marmita de hoje na mesma linha: grão de bico com cebola e brócolis, num molhinho bem apimentado.

Então, vamos que vamos e...

segunda-feira, janeiro 26, 2015

Mais 3,46 km pra conta!

E é só o começo da semana! Foram 28'44" - velocidade média 7,2 km/h

Hum... Que tal um desafio? Bom, se a semana tem 7 dias, tendo, em regra, ao menos na programação, 3 com corrida, e se a proposta do ano é ficar confortável nos 10 km, que tal pensar em somar, em princípio, 20 km até o fim de semana. Pode ser aumentando um ou dois dias de corrida na semana, se der, aumentar o tempo de corrida, experimentar.

Então, me faltam 16,54 km. Bom desafio!

E teve suco hoje? Claro! Brócolis com maça, no chá de cravo com sete sangrias. Os complementos, pra nós, já básicos. E que tal bater com três pedrinhas de gelo? Maravilha!

Fica o desejo de bom dia e a certeza de que a nossa parte a gente faz, no mais, a gente pode contar sempre com uma forcinha extra ;-)



domingo, janeiro 25, 2015

Bom dia, dia!

Mais um domingo de sol beeem forte! Passei aqui só pra desejar


Eu ainda estou me deliciando com aquele bolo de maçã que fiz ontem. Experimentou? Vai lá, ainda é cedo...  Dá uma conferida na receita e manda ver!


sábado, janeiro 24, 2015

E que tal um bolo de maça integral?

Na onda de experimentos de hoje, pensei que não seria má ideia um café com bolo de maça integral. Parti em busca de receitas, analisei algumas, lembrei da receita que faço de pão integral e resolvi misturar tudo. Tinha tudo pra dar certo! Ou não... kkkkkk 

Coloquei o liquidificador em ação, afinal, minha base é a praticidade: 
- 2 xícaras de farinha integral
- 2 xícaras de açúcar demerara
- 1 xícara de azeite (não quis usar óleo, nem manteiga)
- 1 maça picadinha
- 3 ovos

Depois, misturei com a colher 1 colher de fermento e 1 colher de canela.

Enquanto fiz a massa, deixei o forno pré-aquecendo. Untei a massa com azeite e salpiquei canela. Coloquei a massa no tabuleiro, piquei mais uma maça em quadradinhos bem pequeninos e distribui por cima, para se agregarem à massa, depois, coloquei um pouquinho de canela por cima. 30 minutinhos de forno, de 180 a 210ºC, mais uns 10 minutinhos em 210 a 240ºC. Depois, deixei "descansando" dentro do forno desligado, pra terminar de dourar, por mais uns 10 minutinhos.

Bom, acho que, no final, tudo deu realmente muito certo, dá só uma olhada:



Vai lá, experimenta ou cria uma receita nova! Depois, fica a vontade pra me contar como ficou ou fazer sugestões.

Já que você chegou até aqui, que tal se perguntar Como você tem gerido sua hidratação?

Dizem que, quando gostamos do que trabalhamos, sentimos falta durante as férias

Sei não, mas acho que isso não se aplica a mim. Apesar da correria, das complicações que por vezes surgem desnecessariamente ou por falta de empenho de todos os envolvidos na execução da tarefa, apesar de não ser o melhor dos salários, realmente, gosto do trabalho que faço. Mas, de verdade, de verdade, depois de ficar uma semana em casa - obrigada São Sebastião, cujo dia aumentou minha folga em 2 dias! - não sinto falta do trabalho, não. 

Como é normal em qualquer lugar, gosto de muitas pessoas com as quais trabalho, de verdade, mas, pensem comigo, não preciso do trabalho para ter suas companhias, preciso? 

No mais, não sinto falta do trânsito que pego e que aumenta em cerca de 30 minutos minha viagem até lá, nem do sol na minha cara a viagem toda (quando consigo lugar pra sentar, o que não acontece sempre)... Também não sinto falta do estresse constante e da correria dos prazos que não dependem só de mim e da equipe da qual faço parte, que, aliás, modéstia a parte, não costuma deixar pendências. Ah, e como não sinto falta de ter que almoçar as 15h todos os dias, só pra não te que pegar uma fila de quase metade do tempo de almoço pra conseguir esquentar a comida e arrumar um lugar pra sentar no refeitório! E, principalmente, não sinto falta de, muitas vezes, não ter hora pra sair...

Mas, como voltar ao trabalho não depende somente da minha saudade, segunda-feira é dia de labuta. Então, hoje é dia de produzir marmitas! Os ingredientes da semana serão: grão de bico com espinafre, berinjela com cenoura, chuchu com batata-doce e brócolis, arroz integral com lentilha, ovo cozido e frango grelhado. Coloca uma cebola aqui, um alho ali, um gergelim acolá, salpica com uma páprica, salsinha e orégano, uma pitada de criatividade e, voilà, as combinações estarão formadas!

No meio dessa produção, resolvi experimentar, num momento de criatividade: que tal cozinhar o arroz integral com lentilha no chá de casca de laranja? Antioxidante, diurético, com um aroma delicioso, por que não? Deu um sabor suave, mas, durante o cozimento, ficou um cheirinho tão bom na cozinha que valeu! Espero que as propriedades benéficas da casca de laranja tenham conseguido permanecer no arroz.

Resolvi pesquisar mais sobre a casca de laranja e descobri algumas outras utilidades. Adorei! Dá só uma olhada: 8 jeitos de usar a casca de laranja em casa

Pra fechar com chave de ouro, fiz também, pro consumo de hoje, um suco verde de brócolis com laranja, no chá de hibisco, com aqueles acréscimos de sempre: gengibre e linhaça. Deixei um pouco no congelador e a perfeição pra refrescar um dia quente estava pronta!

Curtiu? Se inspirou? Pensa bem, sua saúde vai agradecer, e muito!




quarta-feira, janeiro 21, 2015

Como é que pode esse desperdício continuar?

Fico impressionada com o desperdício de água que ainda existe em pleno 2015. Falta de informação não é justificativa. Não mais. Falta de denúncia também não. O desperdício acontece de todos os modos, desde vazamentos até má utilização da água. A responsabilidade é de tanta gente que fica até complicado comentar o assunto. Resta só perguntar: até quando? 

Será que isso só vai parar quando estivermos numa situação mais alarmante de falta d'água do que a que já temos hoje? Vários bairros já ficam sem água: uns pela falta de estrutura, outros pelo desperdício, outros pelo calor... 

Será que as pessoas acham que, se as coisas continuarem neste ritmo, a água não vai acabar?!

Será que a solução da multa será, aqui no RJ também, a mais interessante? 

Realmente, acho que quem não se conscientiza deve pagar pela falta de responsabilidade. Muito complicado entender o que se passa na cabeça das pessoas... Fica a reflexão.

P.S.: Os termos em negrito são links para pequenas reportagens.

E após uma bela corrida, dia de descanso

Mas é um descanso de recuperação. Ops, esqueci de contar: como não participei do revezamento, no trabalho, nas semanas de natal e ano novo, ganhei um dias de folga, que escolhi para esta semana. Maravilha!!!

Então, de fato, hoje é um dia de descanso e de recuperação, pelo desgaste físico de ontem. Iniciei o dia com um belo suco de brócolis, banana e laranja batidos no chá de pitanga, bem geladinho! Queijo branco e peito de peru, pra acompanhar, com uma fatia de pão de forma.

Pro almoço, estou pensando em um macarrão integral com espinafre, brócolis. e umas lasquinhas de carne. Que tal?

Pretendo fazer esta tarde, também, um alongamento e uma yoga pra aliviar a musculatura das pernas e, principalmente, da lombar. Aliás, nunca havia sentido o incômodo que estou sentindo desde ontem nesta região. Pesquisando sobre isso, encontrei essa reportagem do Globo Esporte e achei bem interessante trazer pra vocês: Alongamento ajuda a evitar lesões no quadril e na lombar durante a corrida. Nota mental: fazer, na próxima corrida, um alongamento específico pra região. 

E, aí, já cuidou da sua saúde hoje? Vai lá, ainda dá tempo...